sábado, 25 maio, 2024
HomeÁfrica em FocoGoverno vai continuar a investir no fomento do desporto

Governo vai continuar a investir no fomento do desporto

O secretário de Estado para a Juventude, Francisco Chitapa, anunciou, sábado, em Luanda, que o Ministério da Juventude e Desportos (MINJUD) está a investir na generalização e massificação do desporto, com a finalidade de apostar na inserção da jovem mulher no desporto escolar e de recreação a nível das comunidades.

Francisco Chitapa, que intervinha na 1ª Conferência Anual de Jovens Mulheres Empresárias de Angola, disse que a galvanização do desporto nacional nas diversas modalidades, constitui-se numa das prioridades do MINJUD, sublinhando que para o efeito, mais do que investir no desporto federado, urge a necessidade de fazer crescer a base.

De acordo com o governante, o MINJUD, por via do Orçamento Geral do Estado, tem levado a cabo à materialização do Programa de Desenvolvimento Integral da Juventude e do Programa de Generalização da Prática Desportiva e melhoria do desporto de alto rendimento, enquadradas no âmbito do Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN) 2022-2027.

Mediante o Instituto Angolano da Juventude, destacou, tem realizado acções de orientação económica, consultoria, acompanhamento dos projectos da juventude e informação técnico-profissional, que tem estimulado o auto-emprego e a sua independência financeira.

Estas acções têm sido realizadas em parceria com instituições aliadas, entre as quais o INEFOP e o INAPEM, compreendendo assim vários domínios de actuação, nomeadamente a formação sobre o empreendedorismo, a criação de gestão de negócios e empresas, a criação de startups e incubadoras juvenis, bem como a criação de cooperativas.

Uma das “grandes” prioridades na agenda do Executivo, segundo Francisco Chitapa, é reconhecer o mérito das mulheres, e apoiá-las para que cada uma ao seu nível se sinta parte da resolução dos vários problemas que o país enfrenta.

Na ocasião, o secretário de Estado disse esperar que as recomendações da conferência engrandeçam o engajamento da jovem mulher no sector económico de Angola.

Um apelo ao Governo

O presidente da Associação Nacional dos Jovens Empresários de Angola (ANJE-Angola), Cumbi Júnior, apelou ao Executivo no sentido de incorporar a organização dentro dos programas económicos e sociais, justificando que a instituição tem ferramentas que poderão ajudar a dar respostas às principais inquietações da juventude, como o acesso às linhas de financiamento, bolsas de estudo e estágios remunerados.

Cumbi Júnior mencionou que se o Estado investir mais nas micro, pequenas e médias empresas, pode voltar a “vender o sonho de uma Angola melhor para toda a população”.

Relativamente ao desemprego, comentou que tem criado vários problemas sociais e morais, com homens e mulheres inclinados aos maus caminhos por conta da fome, que corrompe os bons costumes. “Sabemos que o Estado angolano tem dado o seu melhor para mitigar essa situação”, acrescentou.

A ANJE – Angola é um catalisador de oportunidades de negócios para a juventude empresarial angolana através de iniciativas como feiras comerciais, eventos e networking, criando um ambiente dinâmico onde os jovens empresários podem explorar novas ideias, expandir a rede de contactos e encontrar novas oportunidades de negócios.

Matéria envida pela assessoria de comunicação do Ministério da Juventude e Desportos (MINJUD)

Isaias Dutra
Jornalista Isaias Dutra e editor Chefe do Gazzeta Paulista
Artigos Relacioanados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -spot_img

Mais Lidos

Comentários Recentes