quinta-feira, 25 julho, 2024

Sistema de transplante de cabeça poderá ser disponibilizado em alguns anos, prevê empresa

Tecnologia baseada em robótica avançada e inteligência artificial é esperança aos pacientes que sofrem de doenças intratáveis neurodegenerativas.

Recentemente, a startup de neurociência e engenharia biomédica Brain Bridge revelou que, dentro de oito anos, será possível contar com um sistema seguro para realizar a transferência de cabeça de um paciente saudável para o corpo de um doador saudável e com morte cerebral.

O procedimento, que envolve robótica avançada e inteligência artificial de ponta, pode ser a salvação para pessoas que lutam contra doenças incuráveis, como câncer em estágio quatro, e doenças neurodegenerativas, como o Alzheimer e o Parkinson. Segundo a Brain Bridge, o sistema ainda permitiria a conservação da consciência, memórias e habilidades cognitivas do paciente.

Outra possibilidade de uso dessa tecnologia seria a realização de transplantes de rosto e couro cabeludo.

“Todo o procedimento é guiado por imagens de nível molecular em tempo real e algoritmos de IA para facilitar a reconexão precisa da medula espinhal, nervos e veias de sangue”, afirma a startup, conforme reportado pelo tabloide britânico Daily Star.

O processo ainda prevê um cronograma abrangente de cuidados pós-operatórios para promover a cura e prevenir a rejeição.

Redação Gazzeta Paulista
Redação Gazzeta Paulista
A GAZZETA PAULISTA é o maior portal de notícias diárias desde 2010 abrangendo as cidades de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, São Lourenço da Serra, Juquitiba, Embu Guaçu e São Paulo e outras.
Artigos Relacioanados
- Advertisment -spot_img

Mais Lidos

Comentários Recentes