quinta-feira, 30 maio, 2024
HomeArte & CulturaCAF anuncia ajuda de até R$ 3,8 bilhões para a recuperação do...

CAF anuncia ajuda de até R$ 3,8 bilhões para a recuperação do RS

Iniciativa prevê doações, cooperação técnica, assistência e linhas de créditos por meio de bancos de desenvolvimento com prazos mais amplos e taxas reduzidas para operações de socorro às vítimas e retomada econômica, além de redirecionamento de fundos para reconstrução de infraestrutura.

O presidente-executivo do CAF, Sergio Díaz-Granados, anunciou hoje um pacote de medidas com potencial para chegar a R$ 3,8 bilhões (US$ 746 milhões) em recursos financeiros para apoiar a reconstrução do Rio Grande do Sul após as chuvas recordes registradas no estado.

“Manifestamos nossa absoluta solidariedade ao país e nos colocamos à disposição para apoiar os trabalhos imediatos de socorro às vítimas e de reconstrução da infraestrutura do estado, de forma coordenada com as diretrizes dos governos federal, estadual e municipais”, declarou o presidente do CAF. “Estamos prontos e lado a lado com o Brasil neste difícil processo que começará em breve”, completou.

De imediato, o CAF disponibilizou uma doação de R$ 1,25 milhão (US$ 250 mil) para apoio aos trabalhos de emergência e R$ 5 milhões (US$ 1 milhão) em cooperações não reembolsáveis já disponíveis ao Ministério do Planejamento e Orçamento, a serem utilizados em medidas de mitigação das ações climáticas.

O restante do montante de R$ 3,8 bilhões (US$ 746 milhões) será distribuído da seguinte forma:

  • R$ 306 milhões (US$ 60 milhões) em uma linha de crédito ao Banco de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), com juros reduzidos e prazos mais longos, para que esse dinheiro chegue às pessoas afetadas pela catástrofe, para reconstrução de moradias, auxílio a micro e pequenas empresas, melhoria do ambiente e reconstrução da infraestrutura.
  • R$ 382 milhões (US$ 75 milhões), que poderão ser aportados ao Programa de Reconstrução e Resiliência Climática, por meio de um empréstimo ao governo federal, destinado a financiar obras e ações prioritárias do governo.
  • Empréstimo soberano de até R$ 408 milhões (US$ 80 milhões) para Porto Alegre, por meio do Programa de Inovação Social para Transformação Territorial, aprovado pela Comissão de Financiamentos Externos (Cofiex), órgão do Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO), em setembro de 2023.
  • Linha de crédito ao BNDES no valor de até R$ 2,5 bilhões (US$ 500 milhões). Esta linha foi aprovada em 2023 e está em processo de formalização, sujeita à demanda desse capital pelo BNDES.
  • Linha de crédito a ser encaminhada por meio da agência de desenvolvimento Badesul, órgão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico do estado, de até R$ 153 milhões (US$ 30 milhões).

Díaz-Granados lembrou que a relação do CAF com o Rio Grande do Sul começou a ser construída em 2009. “Desde então, temos promovido o desenvolvimento sustentável desse Estado, por meio de financiamento, cooperação e assistência técnica, totalizando intervenções realizadas em cerca de R$ 1,5 bilhão (US$ 300 milhões)”, informou.

“A dimensão da crise climática no Rio Grande do Sul tem proporções históricas e impacta de forma catastrófica a vida de toda a população. Estamos ao lado do Brasil e do estado neste momento. Esperamos que, com esse apoio, possamos auxiliar na recuperação humanitária e nos colocamos já à disposição para apoiar no planejamento do futuro da região, com a qual temos uma relação histórica”, declarou Díaz-Granados.

Materia enviada pela assessoria de comunicação do CAF

Artigos Relacioanados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -spot_img

Mais Lidos

Comentários Recentes