domingo, 21 julho, 2024

Câmara tenta votar PEC da Anistia de surpresa, mas recua novamente

Arthur Lira negou interesse pessoal na medida e, após defesa dúbia feita pelo PT, empurrou tema para agosto

Victoria Azevedo
Ranier Bragon

Câmara dos Deputados tentou na noite desta quarta-feira (3) votar de supetão a chamada PEC da Anistia, mas, novamente, acabou recuando.

A medida, que originalmente estabelecia o maior perdão da história a irregularidades cometidas por partidos, ganhou uma nova versão mais enxuta, mas manteve, entre outras coisas, um corte expressivo nas verbas eleitorais direcionadas aos negros.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), desengavetou a proposta dizendo não ter nenhum interesse ou vontade pessoal em votar o tema. Todos os partidos, porém, teriam solicitado a ele a votação da medida, à exceção do PSOL e do Novo.

Lira disse ainda ter obtido do presidente do SenadoRodrigo Pacheco (PSD-MG), a garantia de que o projeto seria pautado no Senado.

Após uma defesa dúbia da medida feita pelo líder do PT, Odair Cunha (MG), Lira recuou e afirmou que a medida só voltará à pauta em agosto.

“Então vamos fazer o seguinte, a gente tira da pauta hoje e quando os partidos políticos que estão interessados nesse texto concordarem com o texto a gente volta a pautar, está bom assim? Em agosto.”

A Câmara já havia tentado votar a proposta no mês passado, mas, diante da resistência, acabou recuando.

Fonte: https://www1.folha.uol.com.br/blogs/brasilia-hoje/2024/07/camara-tenta-votar-pec-da-anistia-de-surpresa-mas-recua-novamente.shtml

Redação Gazzeta Paulista
Redação Gazzeta Paulista
A GAZZETA PAULISTA é o maior portal de notícias diárias desde 2010 abrangendo as cidades de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, São Lourenço da Serra, Juquitiba, Embu Guaçu e São Paulo e outras.
Artigos Relacioanados
- Advertisment -spot_img

Mais Lidos

Comentários Recentes