sexta-feira, 24 maio, 2024
HomePolíticaLula assegura compromisso com crescimento em 2024: “o povo vai melhorar de...

Lula assegura compromisso com crescimento em 2024: “o povo vai melhorar de vida”

Presidente destaca avanços e desafios enfrentados nos primeiros 13 meses de gestão e reforça empenho em “fazer as coisas bem-feitas” e no tempo certo

Na abertura da primeira reunião ministerial de 2024, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, reiterou que o Governo Federal “ainda tem muito para fazer, em todas as áreas”.

O encontro, que ocorre no Palácio do Planalto nesta segunda-feira, 18 de março, tem o intuito de apresentar um balanço dos 13 primeiros meses de governo, e conta com a presença dos titulares ou representantes de todos os ministérios e líderes do governo.

Em sua fala inicial, o presidente Lula expressou gratidão pelo trabalho desempenhado pelos ministérios durante o período e destacou os esforços realizados para impulsionar o país nas diversas áreas.

O primeiro ano de gestão foi um processo de recuperação, marcado pelo relançamento de políticas públicas, como o Bolsa Família e o Farmácia Popular, a retomada de obras paralisadas, especialmente no campo educacional, e as ações para recuperar o poder aquisitivo da população, como o reajuste do salário-mínimo.

Temos compromissos para fazer as coisas bem feitas e fazer no tempo certo. Quando a gente pensa em cuidar dos pobres, a gente não está fazendo um favor, a gente está apenas cumprindo com a nossa obrigação. Meu compromisso é melhorar a qualidade de vida do povo brasileiro
LUIZ INÁCIO LULA DA SILVA
Presidente da República

“Vocês sabem que foi um trabalho hercúleo para que a gente recuperasse tudo isso. Recuperar o Bolsa Família, incluindo mais gente, aumentando o Bolsa Família, a gente criar programas educacionais, que vão da alfabetização na hora certa ao Pé-de-Meia, aos Institutos federais, à recuperação de vários prédios de universidade que estavam paralisadas. Todo mundo sabe o que foi feito nesse país para que a gente recuperasse o poder aquisitivo do salário-mínimo, é o segundo ano consecutivo que o salário vai aumentar acima da inflação”, declarou Lula.

Contudo, o presidente ressaltou aos ministros que “ainda há muito mais a ser feito” e que é necessário continuar com os esforços para cumprir as promessas de campanha e atender às necessidades da população. “E ‘muito’ não é nada estranho. É tudo aquilo que nos comprometemos a fazer durante a disputa eleitoral que fizemos nesse país. Nós temos compromissos para fazer as coisas bem feitas e fazer no tempo certo. Quando a gente pensa em cuidar dos pobres, a gente não está fazendo um favor, a gente está apenas cumprindo com a nossa obrigação. Meu compromisso é melhorar a qualidade de vida do povo brasileiro”, argumentou.

Um dos destaques feitos pelo presidente Lula foi a agricultura brasileira, com a abertura de 98 novos mercados, desde o início do mandato, para os produtos agrícolas do país. Somente em 2024, mais 20 novos mercados foram abertos. “A cara de alegria que vocês veem no companheiro Fávaro (ministro da Agricultura e Pecuária) é porque ele conseguiu uma coisa extraordinária que foi em 13 meses abrir 98 novos mercados para produtos agrícolas brasileiros”, disse Lula.

DEMOCRACIA — A defesa da democracia também foi um dos temas ressaltados pelo presidente Lula, que reforçou a necessidade de consolidar o processo democrático do país. “Não é só a gente resolver o problema da economia, da saúde, do transporte, da agricultura. Temos que resolver uma coisa muito mais séria que é a consolidação do processo democrático deste país. A democracia passa a ser uma coisa fundamental nas nossas vidas. O respeito às instituições que dão garante a insistência da democracia. O respeito à nossa Constituição que são coisas que nós precisamos levar em conta, que fomos nós que fizemos a Constituição mais participativa da história desse país,” enfatizou o presidente.

RELAÇÕES EXTERIORES — O presidente Lula destacou, no início da reunião, que o ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, não estava presente em função da viagem oficial ao Oriente Médio. “Ele foi visitar a situação na Palestina, a Cisjordânia, e foi visitar outros países também e levar um recado, uma mensagem dos brasileiros para lá”, explicou Lula, em citação aos esforços do Brasil para resolução do conflito entre Israel e o grupo palestino Hamas, na Faixa de Gaza.

Matéria de Arthur Neto- Adriano Marques -Isaias Dutra- Walter Santos- Jivaldo Batista Fotos: Isaias Dutra Gazzeta Paulista

Isaias Dutra
Jornalista Isaias Dutra e editor Chefe do Gazzeta Paulista
Artigos Relacioanados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -spot_img

Mais Lidos

Comentários Recentes