domingo, 21 julho, 2024

Morre cantor Chrystian, que fez dupla com o irmão Ralf, aos 67 anos

O cantor Chrystian, que ficou conhecido nacionalmente ao formar dupla com o irmão Ralf, morreu nesta quarta-feira (19), aos 67 anos. A informação foi confirmada por meio de nota publicada nas redes sociais do artista.

O texto, assinado pela esposa e filhos de Chrystian, diz que o artista morreu no Hospital Samaritano, em São Paulo. Ele havia sido internado para tratar problemas de saúde que exigiam “repouso absoluto”.

“Neste momento de profunda dor, encontramos consolo nas memórias dos momentos felizes e nas canções que ele nos deixou. Agradecemos de coração todo o apoio, carinho e respeito que recebemos dos fãs, amigos e colegas de profissão. Chrystian viverá para sempre em nossos corações e através de sua música, que continuará a inspirar e emocionar a todos”, diz a nota.

Veja a nota de falecimento na íntegra:

Com imenso pesar, a família e a equipe de Chrystian, comunicam o falecimento do nosso querido esposo, pai e artista, ocorrido no Hospital Samaritano, em São Paulo.
Chrystian dedicou 60 anos de sua vida à música sertaneja, construindo uma carreira brilhante e marcada por inúmeros sucessos. Sua voz inconfundível e sua paixão pela música trouxeram alegria e emoção aos fãs em todo o Brasil.

Ao longo de sua trajetória, Chrystian esteve sempre na estrada, compartilhando seu talento e carisma em incontáveis shows, onde conquistou e encantou gerações de admiradores.
Neste momento de profunda dor, encontramos consolo nas memórias dos momentos felizes e nas canções que ele nos deixou.

Agradecemos de coração todo o apoio, carinho e respeito que recebemos dos fãs, amigos e colegas de profissão.
Chrystian viverá para sempre em nossos corações e através de sua música, que continuará a inspirar e emocionar a todos.

Quem foi Chrystian

Nascido em Goiânia e registrado como José Pereira da Silva Neto, Chrystian mudou-se para São Paulo quando tinha nove anos junto com Ralf e o pai deles, Mário Silva. O objetivo era investir na carreira artística das crianças, que mostravam dom para a música, especialmente Chrystian que aos seis anos chegou a apresentar o extinto programa “Pinguinho de Gente”, no estado natal.

Os homens da família seguiram rumo à capital paulista em um caminhão de bateria em uma viagem que durou três dias. A mãe deles, Eunice Silva, viria só três meses depois, quando já estavam minimamente estabelecidos, mas ainda assim com uma vida difícil e bastante humilde, como ele contou em entrevista ao extinto Programa do Jô (2000-2016).

“Na zona cerealista, no bairro do Brás, quando vai descarregando o caminhão, o responsável pela carga fura um de cada dez sacos para tirar uma amostra para verem a qualidade do produto e os grãos vão caindo na calçada. Nós varríamos aquilo, levávamos para casa, minha mãe limpava e nós comemos assim por muito tempo”, recordou Chrystian na atração exibido em julho de 2006.

Saúde delicada

Na noite de 19 de junho foi divulgado via redes sociais que Chrystian teria que cancelar um dos shows agendados para os próximos dias seguindo orientação médica. “É com grande pesar que anunciamos o cancelamento do show do cantor Chrystian, que seria realizado em Franco da Rocha (SP) no dia 22 de junho, devido a problemas de saúde”, dizia trecho da nota, que detalhava o tratamento que o músico faria, mas sem explicar a doença que ele tinha.

“Chrystian foi diagnosticado recentemente com uma condição médica que exige repouso imediato e tratamento especializado. O cantor está seguindo todas as recomendações médicas. Lamentamos qualquer inconveniente que este cancelamento possa causar aos fãs que estavam ansiosos por este evento. A saúde e bem-estar do Chrystian são nossa prioridade neste momento”. (citação/quote).

O ano de 2024 foi especialmente complicado para o artista. Em março, ele foi submetido a um transplante de rim. A doadora foi a mulher dele, Key Vieira, com quem completou 29 anos de casamento, em abril, e tem dois filhos: João e Lia. O cantor também foi casado com Gretchen por poucos meses em 1981, relação que acabou, segundo a artista, após inúmeras traições.

“Chrystian tem um rim policístico, condição genética, e a doação será feita por doador vivo, pela sua esposa, Key Vieira, por meio de uma laparoscopia. A recuperação é rápida e a programação é que o cantor volte aos palcos no dia 20 de abril, em show já agendado”, dizia nota, compartilhada nas redes sociais do artista.

Ao longo de quase 40 anos de carreira ao lado de Ralf, eles tiveram um breve rompimento no fim dos anos 1990, que durou cerca de dois anos. A parceria musical inclui sucessos como “Nova York”, “Chora Peito” e “Minha Gioconda” (Mia Gioconda), que integrou a trilha sonora de O Rei do Gado (1996-1997). Em 2021, o goiano anunciou que seguiria cinco anos em carreira solo e assim o fez, até o fim.

O sertanejo relembrou ainda quando gravou, já na adolescência, o sucesso “Don’t Say Goodbye”, aos 14 anos, inteiramente em inglês, sem saber uma palavra do idioma. A canção foi tema de Tarcísio Meira (1935-2021), na novela Cavalo de Aço (1973).

“Não sabia nem falar ‘bom dia’. Ia um irlandês para o estúdio e me explicava o que estava cantando, para poder interpretar a música”, revelou acrescentando que o nome artístico surgiu ao lançar a canção, pois fazia mais sentido um nome estrangeiro cantando uma música em inglês.

Redação Gazzeta Paulista
Redação Gazzeta Paulista
A GAZZETA PAULISTA é o maior portal de notícias diárias desde 2010 abrangendo as cidades de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, São Lourenço da Serra, Juquitiba, Embu Guaçu e São Paulo e outras.
Artigos Relacioanados
- Advertisment -spot_img

Mais Lidos

Comentários Recentes