quinta-feira, 30 maio, 2024
HomeÁfrica em FocoProjecto Samiluana arranca em Abril e prevê produzir 12 mil quilates por...

Projecto Samiluana arranca em Abril e prevê produzir 12 mil quilates por mês

A inauguração do Projecto diamantífero Samiluana, em Lucapa, na província da Lunda-Norte, com capacidade de produção estimada em 12 mil quilates por mês e a criação de 762 empregos, será um dos pontos altos das Jornadas Técnicas e Científicas do Dia do Trabalhador Mineiro, que ocorrem de 15 a 27 de Abril.

Localizado numa área de 444 quilómetros quadrados, o depósito secundário (aluvião), conta com uma participação de 33 por cento da Samiluana, enquanto a concessionária, Endiama, detém os outros 67 por cento. E tem uma previsão de alcançar cerca de 77 milhões de dólares anuais ao longo de aproximadamente 20 anos de operação.

Outro cenário que promete animar as Jornadas Técnicas e Científicas do Dia do Trabalhador Mineiro prende-se com a inauguração do Projecto de Exploração de Fosfato de Cácata, na província de Cabinda, cuja licença foi concedida à empresa Minbos Resource Limited para uma área de 85 quilómetros quadrados, num período de 10 anos susceptível de ser prorrogado.

A exploração de Fosfato está enquadrada na estratégia do Executivo angolano em tornar o país autossuficiente em fertilizantes, de forma a potenciar a produção agrícola nacional e, por via disso, deixar de gastar elevadas somas em divisas com a importação de insumos.

O fosfato é um elemento fundamental no fabrico de fertilizantes, pois constitui a principal fonte de energia para a realização do processo de fotossíntese das plantas, sendo que, junto com o potássio aceleram o processo de crescimento dos vegetais.

Sob o lema “A Revolução e Perspectivas da Actividade Mineira em Angola”, as Jornadas do Trabalhador Mineiro  devem ficar marcadas também  por  um conjunto de reformas implan- tadas pelo Executivo e a adesão de Angola à Iniciativa de Transparência da Indústria Extractiva (ITIE), desde Junho de 2022.

O programa que o Jornal Gazzeta Paulista teve acesso, destaca ainda a realização da Gala do “Prémio Catoca de Jornalismo”, um seminário subordinado ao tema “Recursos Minerais e a Cadeia de Valor do Ouro em Angola”, entre outras iniciativas.

Matéria dos Jornalistas Internacionais   Branca Costa – Adriano Quinda ambos de Angola

Isaias Dutra
Jornalista Isaias Dutra e editor Chefe do Gazzeta Paulista
Artigos Relacioanados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -spot_img

Mais Lidos

Comentários Recentes