domingo, 21 julho, 2024

Porto de Luanda lança programa “Ekanda”

O Porto de Luanda tem disponível cerca de 800 milhões de kwanzas para o financiamento de projectos de jovens em diferentes sectores, anunciou, ontem, em Luanda, o administrador para a Área Comercial, Sustentabilidade, Compliance e TIC.

João Fernandes, que falava durante o lançamento do primeiro programa de responsabilidade social e sustentabilidade denominado “Ekanda”, adiantou que a iniciativa da unidade portuária de Luanda será executada no exercício económico de 2024, cujo investimento poderá aumentar em função das exigências de cada projecto.

João Fernandes sublinhou ainda que, com base no Relatório e Contas de 2023, o Porto de Luanda  teve um crescimento considerável, com um volume de 60 milhões de cargas, tendo acrescentado que a instituição é responsável por cerca de 80 por cento das importações e exportações do país.


Aumento da qualidade

O secretário de Estado para Aviação Civil, Marítimo e Portuário, Rui carreira, considerou ser relevante olhar para os critérios de ambiente, responsabilidade social e governança, para que seja acautelada não só a sua sustentabilidade futura, enquanto empresa e infra-estrutura geradora de riqueza para o país, mas também a contribuição para o aumento da qualidade de vida dos trabalhadores e as comunidades envolventes.

Rui Carreira disse ainda ser imprescindível que o Porto de Luanda aumente o seu volume de negócios por via da crescente captação de tráfego, que alargue as ligações com o interior do país, que fomente a inter-modalidade e que aposte na melhoria da oferta logística”

Apoio às iniciativas

A directora de Sustentabilidade e Compliance da unidade portuária, Aurora dos Santos, disse que o “Ekanda” consiste em apoiar jovens que tenham ideias de negócio, e que precisam de apoio.

“Pretendemos ajudar os jovens dando formação e financiamento para que eles possam ter o sustento para si e para as suas famílias, promovendo assim o auto-emprego”, afirmou. 

Aurora dos Santos salientou que as grandes linhas de força que dão sustentabilidade ao programa são a consciencialização, ambiente e juventude, sendo o ponto mais alto a juventude.

As inscrições já estão abertas e vão até ao dia 17 de Julho. Os interessados, nomeadamente ONG e associações poderão remeter as suas candidaturas através do site do Porto de Luanda.

Os proponentes deverão apresentar com um projecto, orçamento, devendo a mesma estar legalmente constituída. Numa primeira fase, disse a responsável, o projecto abrange apenas a capital do país, tendo na ocasião, lançado um apelo aos demais portos do país para que se juntem à causa, “no sentido de poder abranger maior número de jovens”.

A gestora sublinhou que os seleccionados irão receber um kit de trabalho para que possam desenvolver as suas actividades, além de terem um acompanhamento para melhor gerir o negócio.

Redação Gazzeta Paulista
Redação Gazzeta Paulista
A GAZZETA PAULISTA é o maior portal de notícias diárias desde 2010 abrangendo as cidades de Taboão da Serra, Embu das Artes, Itapecerica da Serra, São Lourenço da Serra, Juquitiba, Embu Guaçu e São Paulo e outras.
Artigos Relacioanados
- Advertisment -spot_img

Mais Lidos

Comentários Recentes