sábado, 25 maio, 2024
HomeOpiniãoComo se proteger do Golpe do Cadastro do Pix

Como se proteger do Golpe do Cadastro do Pix

Criminosos estão utilizando dados capturados para abrir chaves Pìx no nome de outras pessoas e aplicar golpes.

Uma nova modalidade de estelionato está usando dados de pessoas para registrar contas de banco e chaves Pix. Uma vez cadastrados com o nome das vítimas, essas contas e chaves são utilizadas na aplicação de golpes. Os criminosos conseguem os dados das pessoas no mercado ilegal e por meio de aplicativos ou sites falsos que capturam essas informações.

Para se proteger dessa modalidade de golpe, basta consultar o sistema Registrado,do Banco Central. Por meio dele é possível consultar, de graça, empréstimos em seu nome, bancos onde tem conta, chaves Pix cadastradas, cheques sem fundos e dados de compra ou venda de moeda estrangeira.

As informações disponíveis no Registrado servem para o cidadão saber: onde tem dívidas e a situação de cada uma; verificar se existe conta bancária, dívida ou chave Pix em seu nome que você não contratou.

Para acessar o Registrado e os relatórios referentes aos seus dados, faça o login no sistema Registrado com a Conta gov.br de nível prata ou ouro.

Uma vez acessado o sistema Registrado, você pode saber quais chaves Pix estão registradas em seu nome.

Além dessa funcionalidade, o Registrado também permite verificar operações de crédito, empréstimos e transações de câmbio realizadas no seu nome. Os links deste parágrafo levam para tutoriais produzidos pelo Banco Central sobre as funções do Registrado. Caso queira conhecer melhor o sistema, acesse o tutorial completo.

Matéria envida pela assessoria de comunicação do Banco Central

Isaias Dutra
Jornalista Isaias Dutra e editor Chefe do Gazzeta Paulista
Artigos Relacioanados

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Advertisment -spot_img

Mais Lidos

Comentários Recentes